Rotina

A tranquila rotina segue seu curso
nuvens passeiam insones
ruídos cosmopolitas
vem e vão
os astros, a bilhões de anos luz,
orbitam
a bipolar cotação do dólar
sobe e desce

Pessoas nascem
e morrem
e a tranquila rotina segue seu curso

Na loira manhã
crianças sonâmbulas
caminham pelo pátio da escola
Apressados, os trabalhadores
se consomem
pelo farol que se demora a abrir
pelo trabalho
cujas horas se arrastam
como o ventre distraído
de uma serpente sobre
folhas secas

E eu, leitora do mundo,
sigo o curso do rio
imaginário e das peripécias
da personagem do livro da vez
entre devaneios e burburinhos
dos passantes e pedintes

Hora de descer
e viver
a tranquila rotina
e seus absurdos

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: