Simplicidade

Fonte: Google. Jovens enamorados, na ânsia de declarar ditoso amor, inebriavam a escolha lexical:"Hei de amar-te, musa, ninfa de meus sonhos"Amor cavaleiresco requer preciosismo, sublimação.O amante platônico, aristotélico permaneceno etéreo, no vir a ser.A musa, a ninfa, inacessível, chorava copiosao amor vassalo. Onírica, carregava consigoa canção do alaúde. No cenário moderno, prático e diversomudam-se os... Continuar Lendo →

Janela indiscreta

Sibila-me aos ouvidos, a voz freudiana iminente à tecnologia: psicopatias, fanatismos, fobias expostas como peças íntimas nas vitrines. A vida transmutou-se para a inversão humana: expomos aquilo, certamente, oculto em tempos de outrora, em consultórios, oratórios e confessionários... Redes sociais: espelhos narcísicos Empurramos, intermitentemente, a pedra de Sísifo rede adentro! Onde andaremos?

A coragem de ser

As mudanças na comunicação afetaram o modo como as pessoas aprendem. Embora seja coadjuvante, a tecnologia trouxe ao âmbito escolar nova linguagem, razão pela qual as relações ensino-aprendizagem e professor-aluno tiveram de passar por uma mudança de paradigma. Afinal o professor não é mais visto como o detentor do saber e das ferramentas necessárias para... Continuar Lendo →

Assim caminha a humanidade: conectados

Somos cercados pela comunicação. A internet invadiu as relações humanas, proporcionou rapidez e informação imediata. Abrimos nosso entendimento ao leque de oportunidades e de possibilidades no que tangem o conhecimento e o saber. Somos cercados por notícias e novidades as quais nos bombardeiam com hipertextos. Buscamos, hoje, ironicamente, as fontes virtuais para a descoberta de... Continuar Lendo →

A via crucis da felicidade

As mudanças de valor com as quais convivemos diariamente convergem para o caos. Em contrapartida, a humanidade busca, cada um a seu modo, uma conexão com algo que dê sentido à vida. As redes sociais são a prova disso, em especial, o Facebook. Pois se acredita que a abertura para a virtualização das relações seria... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: